Plataforma digital: o que é e como criar

Plataforma digital: o que é e como criar

2020 é o ano que tornou urgente a necessidade de transformar negócios offline em digitais. Criar uma plataforma digital parece ser a solução para todas as empresas- da frutaria do Seu Manuel até as grandes redes de moda.

Uma plataforma digital pode ser muitas coisas, como veremos a seguir. No entanto, é muito comum as pessoas confundirem-se a pensar que plataforma digital= loja online.

O que é uma plataforma digital

É um modelo de negócios que funciona através de tecnologia. É um ambiente online que faz a conexão entre quem produz/cria e quem consome. Ou seja, vai além de uma relação de compra e venda entre consumidor e empresa.

A confusão entre os termos plataforma digital e plataforma de e-commerce é uma constante. Uma plataforma de e-commerce é um modelo de negócios para venda online de produtos e serviços, enquanto que uma plataforma digital pode ser:

  • Um blog;
  • Uma rede social;
  • Um aplicativo de transportes (Uber);
  • Um aplicativo de mensagens (Whatsapp);
  • O aplicativo ou site de acesso ao seu banco;
  • Um site de reservas de hotel, etc etc.

Então ao pesquisar os termos “como criar uma plataforma digital” no Google, por exemplo, o melhor é pesquisar por termos mais específicos:

  • Como criar uma plataforma de e-commerce?
  • Como criar uma aplicação para telemóvel?
  • Como criar um website de aulas online?

Aproveito para deixar como dica esse artigo do Neil Patel que é bem completo e fala sobre plataformas digitais. O Neil Patel é conhecido como o guru do marketing digital!

Como criar uma plataforma digital

Depois de tudo que já foi dito, eu vou aqui assumir que o que estás a buscar é sobre uma plataforma de e-commerce, também chamada de plataforma de loja virtual ou loja online. 😉

Para criar uma plataforma digital de comércio eletrônico (e-commerce), siga os passos:

1- Inicie as pesquisas sobre o business

Pesquise muito sobre comércio eletrônico e sobre o mercado no qual você deseja entrar. A Internet está repleta de bons materiais, inclusive gratuitos. Vale a pena também investir em cursos de bons profissionais para estar mesmo a par do negócio e iniciar do jeito certo.

Entenda sobre os produtos a serem vendidos online, a logística, os impostos, o público-alvo e marketing online.

plataforma digital

2- Qual plataforma utilizar?

Depois de decidido o que vender, como e para quem vender, é tempo de pesquisar as plataformas de lojas virtuais que podem suprir as necessidades da sua empresa.

Lembre que não é porque o seu vizinho possui a plataforma “x” que você deve escolher a mesma. É preciso verificar com calma quais são as necessidades para o seu negócio.

Eu recomendo vivamente que dê atenção a esse material, que fala sobre as funcionalidades essenciais que uma plataforma deve oferecer, e sobre alguns cuidados a serem tidos na hora da escolha. É um conteúdo para o Brasil, mas acredito que sirva bem ao propósito.

3- Contratar meios de pagamento, transportadoras e demais parceiros

O empresário precisa fazer os contratos e parcerias com todas as empresas que vão fazer parte do e-commerce. É necessário firmar contrato com as transportadoras que vão entregar os produtos, se esse for o caso, com os meios de pagamento a serem utilizados na plataforma.

Com marketplaces, sistemas de gestão que precisarão ser integrados, e mais todos os parceiros que a loja online terá.

4- Comece os cadastros

Os cadastros vão muito além do que cadastrar produtos! Há muitas páginas e cadastros a serem feitos:

  • Personalizar o layout do site;
  • Páginas de Quem somos, Contactos, Política de Privacidade, Termos e Condições, Política de entrega, Política de devoluções e trocas, etc;
  • Cadastros de produtos: esse sim o mais trabalhoso- com muitas fotos de boa qualidade, descrição top, com todas as informações sobre o produto, cuidados e manutenção, etc…
  • Configurações dos meios de pagamento, transportadoras, mensagens automáticas e demais.

5- Online

Com tudo isso feito (eu sempre digo aqui que não é fácil), sua loja virtual está pronta para ir ao ar e começar a receber visitas.

O domínio do seu site será activado, e depois será activado também o protocolo de segurança (https). E a mágica acontece!


O domínio do site é o endereço online. Por exemplo “www.ecommercedesucesso.pt”. O domínio precisa ser comprado e pago anualmente.


A palavra de ordem é digitalizar

O mundo muda com uma rapidez incrível, e a pandemia veio mostrar-nos o quanto é necessário termos empresas activas na Internet, a fim de que qualquer pessoa possa nos encontrar.

Precisamos de estar preparados com negócios online que satisfaçam os desejos e necessidades das pessoas. Digitalizar é muito menos sobre tecnologia, e muito mais sobre pessoas.

Daniela Lovatto

Graduada em Gestão Comercial e MBA em Digital Business, estuda arduamente o comportamento do consumidor online e o que ele busca nas lojas virtuais. Empreendedora do mundo online!

Relacionados

O que é taxa de conversão no e-commerce

O que é taxa de conversão no e-commerce

Como trabalhar a embalagem na loja virtual

Como trabalhar a embalagem na loja virtual

Como será o cenário das vendas online pós pandemia?

Como será o cenário das vendas online pós pandemia?

Como escolher o nome ao abrir loja online- Guia

Como escolher o nome ao abrir loja online- Guia

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quem somos

Ecommerce de Sucesso é um projeto que nasceu de uma necessidade muito clara: desmistificar o e-commerce em Portugal.

É isso mesmo! Existe um mito que ronda os pequenos empresários, de que ao criar uma loja virtual ela venderá sozinha, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

No Ecommerce de Sucesso trazemos insights para empreendedores de e-business, e ajudamos na criação de lojas online.