Como vender na loja virtual- A Plataforma

Como vender na loja virtual- A Plataforma

Quando abrimos uma empresa de vendas online, esperamos é vender, certo? Você sabia que vender na loja virtual pode não ser fácil e rápido como algumas pessoas sugerem?

Aqui nesse post e em todo o blog compartilhamos com você algumas dicas essenciais para aumentar o faturamento do seu e-commerce.

Como aumentar as vendas na loja virtual

Nós temos percebido ao longo do tempo que muitos empresários tentam usar em seus e-commerces as mesmas técnicas de vendas que são usadas nas lojas físicas.

“Tenho comércio há 10 anos, não me diga que eu não sei vender…”

A verdade é que são realidades muito diferentes a de vendas online comparada com vendas presenciais. E precisamos aprender a aplicar os conceitos de vendas, atendimento, marketing, entre outros, para as lojas online.

Então, por onde começamos? Para vender na loja virtual precisamos de fortes bases:

Teoricamente é simples, mas acertar essas três bases do negócio demanda tempo e trabalho árduo. Entretanto, ao trabalhar a sério cada uma delas, as chances de sucesso no e-commerce são grandes.

A importância da plataforma para vender na loja virtual

A escolha da plataforma a ser utilizada é muito importante para o sucesso do negócio. Ela não é o único fator responsável pelas vendas, mas tem um papel muito significativo.

A plataforma é uma das bases para o sucesso do e businnes e precisa ser robusta, ser user friendly e ter todas as necessidades do lojista satisfeitas.

Veja a seguir alguns pontos que sua plataforma deve atender para sua loja vender mais:

  • O site funciona bem no mobile? É de extrema importância que a loja virtual seja responsiva, ou seja, precisa se adaptar ao ecrã pelo qual ela está a ser acessada.

Veja esses exemplos:

O e-commerce do Continente por exemplo, não é responsivo na data de acesso (02/2020). Ele é exactamente igual ao acessar pelo computador, e há a necessidade de dar zoom e mover a tela para poder navegar. Ou seja, não é fácil de usar pelo telemóvel.

Já a loja virtual da Moviflor, por exemplo, está adaptada ao mobile.

Até o ano de 2017 poucas vendas eram realizadas através dos telemóveis. Os clientes acessavam o site via mobile, mas concluíam a compra no desktop. Já desde 2018 o cenário está a se alterar rapidamente, e hoje, conforme pesquisas recentes, quase 50% das vendas são feitas a partir de telemóveis e afins.

  • Qual a velocidade da loja virtual? O Tempo de carregamento? Simplesmente essencial, se o seu site é lento, as pessoas não vão ficar a aguardar a página carregar, e não vai vender na loja virtual.

Existem ferramentas gratuitas para testar a velocidade do seu site, como essa página do Google, que é fácil de usar e ainda dá as métricas e melhoramentos a serem considerados.

Tenha especial atenção para com as imagens também, elas são uma das causas principais de lentidão ao site.

  • Layout: o layout deve ser bom para o consumidor final.

Opte por plataforma que tenha layout amigável (user friendly), que seja o mais clean possível, que transpareça segurança para o seu cliente.

  • Como é o check-out? Se o seu cliente já foi conquistado pela sua oferta, já adicionou produtos ao carrinho, e está pronto a pagar… é preciso tornar esse momento fácil!

A página de check-out precisa ser rápida, com um mínimo de informações necessárias, e com a maior quantidade de meios de pagamento possível.

Na página de carrinho de compras, precisa haver um botão BEM VISÍVEL de fechar pedido, e ao clicar nesse botão, a mágica deve acontecer e a venda na loja virtual se concretizar.

Muitas plataformas tornam o processo de check-out difícil, com muitos passos a serem seguidos. Torne esse momento mais agradável e vender na loja virtual vai ser um pouco mais fácil.

  • Como é o atendimento da plataforma? Quando acontecer algum problema com o seu e-commerce (e acontece, acredite), você terá um consultor disponível para lhe atender?

Como empresário, é necessário estar atento a todos os aspectos do seu negócio. Logo, é preciso ter a certeza de que há uma empresa séria cuidando da sua plataforma e mantendo sua loja online.

A plataforma como vendedor da loja

plataforma é o equivalente ao vendedor da loja física. Ela fará o trabalho de conduzir o comprador pelos passos da compra e sugerir outros produtos complementares, além de ser o operador de caixa também.

Mas como falamos, por melhor que seja a plataforma, há outros aspectos que fazem vender na loja virtual, nomeadamente os produtos certos para as pessoas certas.

Se estás procurando uma plataforma para criar uma loja virtual, fale connosco através do e-mail na página de contacto que podemos te ajudar.

Daniela Lovatto

Graduada em Gestão Comercial e MBA em Digital Business, estuda arduamente o comportamento do consumidor online e o que ele busca nas lojas virtuais. Empreendedora do mundo online!

Relacionados

É possível vender online sem ter um e-commerce! Veja como

É possível vender online sem ter um e-commerce! Veja como

Como aumentar as vendas na loja online, aumentando o ticket médio

Como aumentar as vendas na loja online, aumentando o ticket médio

A importância de Web Analytics na loja virtual

A importância de Web Analytics na loja virtual

O pequeno negócio online: Como destacar-se na internet

O pequeno negócio online: Como destacar-se na internet

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Quem somos

Ecommerce de Sucesso é um projeto que nasceu de uma necessidade muito clara: desmistificar o e-commerce em Portugal.

É isso mesmo! Existe um mito que ronda os pequenos empresários, de que ao criar uma loja virtual ela venderá sozinha, 24 horas por dia e 7 dias por semana.

No Ecommerce de Sucesso trazemos insights para empreendedores de e-business, e ajudamos na criação de lojas online.